“Se Eu Fosse Você – O Musical” estreia em São Paulo

Depois de passar pelo palco carioca do Teatro Oi Casagrande, onde estreou em 21 de março e se despediu em 20 de julho, o musical “Se Eu Fosse Você”, baseado no filme homônimo de Daniel Filho, lançado em 2006 e visto por mais de 9 milhões de espectadores, chegou à São Paulo, no Teatro Cetip (antigo GEO e Ohtake Cultural), na última sexta-feira, 15.

Sob a supervisão artística de Daniel Filho, texto assinado por Flavio Marinho, direção e coreografia de Alonso Barros, e direção musical de Guto Graça Mello, a trilha ficou por conta do repertório badalado da rainha do rock brasileiro, Rita Lee, onde 23 clássicos especialmente selecionados, ajudam a contar a história do famoso casal, Claudio e Helena, que trocam de corpo após um desentendimento no elevador.

Em cartaz no Teatro Cetip à partir de 15 de agosto
Em cartaz no Teatro Cetip à partir de 15 de agosto

Nos papéis principais, a cantriz Claudia Netto e o ator e humorista Nelson Freitas dão o tom exato da comédia romântica, que conta ainda com a “estrela teen” Lua Blanco, no papel da filha do casal, Bruno Sigrist, como o namorado da jovem, e a participação especial de Fafy Siqueira, que vive a implicante sogra de Claudio.
Complementam o elenco também os atores Osvaldo Mil, Kacau Gomes, Marya Bravo, Lucas Drummond, Mariana Amaral, Alberto Goya, Eduardo Leão, Neusa Romano, Thati Lopes, Vanessa Costa e Giselle Lima, que fizeram parte da temporada carioca, e os novos integrantes da temporada paulistana, Nando Pradho, Igor Pontes, Marcelo Vasquez, Olívia Branco, Paula Miessa, Renato Bellini, Bruno Kimura, e Patrícia Athayde.

Veja fotos da coletiva de imprensa, realizada na última quarta-feira, 13.

Entretenimento premiado

“Se Eu Fosse Você – O Musical” faz parte do projeto “Uma Aventura Brasileira”, da Aventura Entretenimento, que conta ainda com as produções “Elis, a Musical”, e “Chacrinha, o Musical”.
A empresa, que tem como sócios Aniela Jordan, Fernando Campos e Luiz Calainho, e se destaca sendo a maior produtora de teatro musical do país –  responsável por levar mais de 2 milhões de pessoas aos teatros nos últimos cinco anos, recebeu neste último fim de semana, o Prêmio Lide de Marketing Empresarial 2014 na categoria Entretenimento, em reconhecimento ao sucesso de suas produções, bem como essa trinca recente, e outros espetáculos elogiados pelo público e crítica, entre eles, “A Noviça Rebelde”, “Hair”, “Rock in Rio – O Musical”, e o “Mágico de Oz”.

Luiz Calainho , Aniela Jordan e Fernando Campos

“O Grande Circo Místico” estreia hoje em São Paulo

Acontece hoje, 14, a estreia oficial de “O Grande Circo Místico” na cidade de São Paulo.
O espetáculo, que faz parte do rito de homenagens à Chico Buarque, que completa 70 anos de idade e 50 de carreira, traz ao palco do recém inaugurado Theatro NET SP, o picadeiro do Grande Circo Knieps, e junto com ele, todo o encanto de uma história que mistura a magia do circo, com romance, diversão, música, e poesia.

Inspirado no poema homônimo de Jorge de Lima, que faz parte da obra “A Túnica Inconsútil”, escrita em 1983, o espetáculo “O Grande Circo Místico”, fez sua estreia em 01º de maio, no Theatro NET Rio, Rio de Janeiro, de onde se despediu dois meses depois. Sob a direção de João Fonseca, direção musical de Ernani Maletta, e idealização de Isabel Lobo, filha de Edu Lobo, que compôs as clássicas canções junto ao Chico, o musical usa de sua famosa trilha sonora para contar uma história inédita, escrita por Newton Moreno e Alessandro Toller.

O Grande Circo Mistico -110
Newton Moreno e Alessandro Toller

Ambientado nas primeiras décadas do século XX, a trama gira em torno do romance improvável entre um médico aristocrata e uma bailarina do Circo, e retrata a saga da família austríaca, proprietária do Circo Knieps. Em cena, um elenco de 17 atores, encabeçado por Gabriel Stauffer, Leticia Colin, Reiner Tenente, Fernando Eiras, Isabel Lobo e Ana Baird, cantam, dançam e apresentam habilidades circenses, tarefa difícil, porém vencida, para os que eram pouco familiarizados com a prática até então.

Ao lado deles, o ensemble, composto inclusive por acrobatas profissionais, conta com Douglas Ramalho, Felipe Habib, Juliana Medella, Leo Abel, Luciana Pandolfo, Marcelo Nogueira, Natasha Jascalevich, Paula Flaibann, Thadeu Torres, e Leonardo Senna, que assina a consultoria circense do espetáculo.

Veja algumas cenas do espetáculo, apresentadas durante a coletiva de imprensa, na última sexta-feira, 08.

Sobre “O Grande Circo Místico”

A história teve sua primeira montagem em formato de balé, criada originalmente para o Balé Teatro Guaíra, do Paraná, mesclava também música, ópera, circo, teatro e poesia, e abriu sua primeira cortina após um ano de produção, em 17 de março de 1983, se consagrando um sucesso ao encantar mais de 200 mil pessoas, em suas quase 200 apresentações durante uma turnê que durou dois anos pelo país.
A obra encenada teve seus lugares esgotados no Maracanãzinho e até mesmo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, em uma parada internacional.

Serviço:

Theatro Net SP - Shopping Vila Olímpia
Rua Olimpíadas, 360 - Vila Olímpia
Quando: 14 de agosto a 28 de setembro
De quinta a sábado, às 21h. Domingos, às 19h.

Quanto: Plateia R$150 / Balcão nobre R$100 / Balcão R$50
Duração: 180 minutos
Classificação: 12 anos

“Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 minutos” estreia em São Paulo

Fotógrafa colaboradora: Náira Messa

Após cinco meses de temporada carioca, celebrando os 70 anos de Chico Buarque, a dupla Möeller & Botelho traz à São Paulo o espetáculo “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 minutos”, que como o próprio nome já diz, reúne os grandes sucessos do maior compositor de musicais brasileiros em 1h30 de pura poesia em forma de canção.

Em cena, um quarteto de músicos e oito vozes harmoniosas dão o tom e o rumo para a história de uma trupe teatral, vivida por Claudio Botelho (Carlos, “O Dono da Companhia”), Soraya Ravenle (Dora, “A Primeira Dama”), Malu Rodrigues (Margarida), Andre Loddi (Juca, “O Filho Prodígio”), Estrela Blanco (Rita, “A Mocinha”), Felipe Tavolaro (Dito, “0 Galã”), Cassia Rachel (Lea, “A Cartomante”), e Renata Celidonio (Lia, “A Cigana”).

*Imagens da temporada carioca.

Fugindo do estilo biográfico, e apresentando uma proposta de enredo diferente, o grupo em cena vive personagens definidos em uma única história, mas também são personagens das peças que apresentam pelas praças por onde passam, ao todo seis, e que dão espaço para mais de 40 clássicos, compostos por Chico especialmente para as peças ‘Roda Viva’ (1967), ‘Ópera do Malandro’ (1978), ‘Calabar’ (1973), ‘O Corsário do Rei’ (1985), ‘Gota d’Água’ (1975)), o ballet ‘Grande Circo Místico’ (1982) e também os filmes ‘Quando o Carnaval Chegar’ (1972) e ‘Para Viver um Grande Amor’ (1983) e ‘Dona Flor e Seus Dois Maridos’ (1976).

Sob a direção de Charles Möeller e Claudio Botelho, a dupla repete parcerias de sucesso na ficha técnica do musical, e conta com os cenários de Rogério Falcão, inspirados no expressionismo alemão, os figurinos com inspirações circenses de Marcelo Pies, e a iluminação  de Paulo Cesar Medeiros.

Em curta temporada paulistana, o primeiro musical que homenageia oficialmente Chico Buarque em seu ano comemorativo, estreia essa sexta, 08, e fica em cartaz até 07 de setembro, no Teatro FAAP.

Veja fotos da coletiva de imprensa, realizada na última quarta, 06.

Serviço:

TODOS OS MUSICAIS DE CHICO BUARQUE EM 90 MINUTOS
Onde:Teatro FAAP / Rua Alagoas, 903 - Higienópolis
Quando: 08 de agosto a 07 de setembro de 2014
Sextas às 21h30, Sábados às 21h, Domingos, às 18h.
Quanto: Ingressos a R$120 (plateia) e R$100 (balcão)
Classificação: 12 anos