“Macunaíma” é novo projeto musical da Barca dos Corações Partidos

Partir de um material brasileiro para criar algo novo e próprio. Essa tem sido a missão da companhia “A Barca dos Corações Partidos”, criada logo depois do sucesso de “Gonzagão – A Lenda” pelos então integrantes do elenco. Com forte estilo autoral e apego à cultura nacional, o grupo já montou obras como “Ópera do Malandro“,  de Chico Buarque, “Suassuna – O Auto do Reino do Sol” e o poético “Auê“, todos carregados de prêmios. Agora, a nova aventura do grupo é a “Macunaíma – Uma rapsódia musical“, que estreou no dia 28 de junho em Belo Horizonte.

Como o próprio nome diz, o espetáculo, dirigido por Bia Lessa, mergulha na obra de Mário de Andrade escrita em 1928, considerada uma das mais importantes do Movimento Modernista brasileiro pelo seu caráter inovador e, ao mesmo tempo, contestador. A peça marca a primeira parceria da Barca com Bia, que já desenvolveu premiadas produções como “Grande Sertão: Veredas” “PI – Panorâmica Insana“. Por ironia do destino ou não, Bia também atuou em outra versão de Macunaíma, dirigida por Antunes Filho em 1981, conhecida por ter sido montada em diversos países.

O espetáculo ganhou o acréscimo de “rapsódia” no título, justamente por tentar uma abordagem e defesa da multiculturalidade. Em sua estrutura, a rapsódia é conhecida pelo movimento, variações e ritmo que surpreende quem ouve a história contada, neste caso, a trajetória do anti-herói brasileiro da Amazônia rumo ao Sudeste. O musical tem composições originais de Alfredo Del-Penho e Beto Lemos e trilha adicional composta pelo coletivo O Grivo, sob a direção musical de Del-Penho e Lemos.

 

O elenco é formado pelos integrantes da Barca – Ádren Alves, Alfredo Del-Penho, Beto Lemos, Fábio Henriquez, Eduardo Rios, Renato Luciano e Ricca Barros – além de seis nomes escolhidos por meio de audição: Ângelo Flávio, Hugo Germano, Lana Rhodes. Lívia  Feltre, Sofia Teixeira e Zahy Guajajara, além do músico Pedro Aune. A produção é da Sarau Agência de Cultura, em nova parceria com A Barca dos Corações Partidos.

O espetáculo permanece em cartaz no CCBB de Belo Horizonte até 14 de julho, antes de partir para São Paulo e em agosto no Rio de Janeiro.

Serviço – Macunaíma – Uma Rapsódia Musical

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil – BH – Praça da Liberdade, 450, Funcionários, Belo Horizonte – MG

Quando: De 28 de junho a 14 de julho – Quarta à Segunda às 19h30

Quanto: R$ 30,00

Classificação Etária: 18 anos

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.