Monólogo musical celebra obra centenária de Dorival Caymmi

Um dos maiores nomes do cancioneiro brasileiro é o homenageado do monólogo musical “Quem vem pra beira do mar“. No ano em que completara seu 101º aniversário, Dorival Caymmi tem sua obra revisitada por Diogo Villa Maior no espetáculo que estreia hoje no Teatro Gonzaguinha, Rio de Janeiro.

Ao longo de mais de 20 canções do compositor baiano, um homem, interpretado pelo ator e dançarino Márcio Moura, relembra sua história de amor ao prestar culto a Iemanjá, à beira da praia. A ideia, era construir uma história que partisse originalmente das canções de Dorival.

 

Além da direção de Villa Maior, o monólogo tem direção musical de André Siqueira, que já dividi o palco om Danilo Caymmi, filho de Dorival. Fernanda Sabino assina o figurino, enquanto Vinícíus Lugon é o responsável pela cenografia. Em cartaz até 25 de outubro na capital carioca, o musical segue depois em turnê pelo Nordeste

Ficha técnica
Dramaturgia e direção geral: Diogo Villa Maior
Interpretação: Márcio Moura
Direção musical: André Siqueira
Iluminação: Elisa Tandeta
Figurino: Fernanda Sabino
Cenografia: Vinícius Lugon

Serviço – “Quem vem pra beira do mar
Teatro Municipal Gonzaguinha (Centro de Artes Calouste Gulbenkian)
Rua Benedito Hipólito,125, Praça XI (estacionamento no local)
De 08 a 25 de outubro
Quintas e sextas-feiras às 19h30, sábados e domingos às 19h
R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Duração: 70 minutos
Classificação: 12 anos

Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s