B!CultCurso e WorkshopMusicaisRio de Janeiro

Instituto Evoé lança formação artística em teatro musical para jovens de baixa renda

Iniciativa tem patrocínio da SulAméricas Seguros e formará inicialmente 30 alunos

O Instituto Evoé, em conjunto com a SulAmérica Seguros, lançou uma iniciativa pioneira focada nos jovens de baixa renda do Rio de Janeiro. As organizações se uniram para criar a Cia Teatro Transforma, uma ação que visa oferecer formação em teatro musical – uma das mais custosas no Brasil – para permitir que novos talentos tenham a oportunidade de entrar neste mercado.

Com patrocínio da seguradora, 30 jovens a partir de 16 anos terão aulas gratuitas em todas as funções que envolvem a produção de um musical. A seleção prezou pela diversidade de gênero na escolha e os estudantes foram selecionados com a ajuda de ONGs. O critério levado em conta foi um contato prévio com teatro, música ou dança em algum momento de suas vidas.

Estudantes aprovados na seleção para formação na Cia Teatro Transforma
Estudantes aprovados na seleção para formação na Cia Teatro Transforma

Ao todo, o projeto recebeu 200 inscrições. Neste momento, os aspirantes a atores seguem com aulas online, para evitar contágio com o novo coronavírus e estão recebendo, além do auxílio financeiro para alimentação, uma bolsa extra para lidar com a nova realidade provocada pela pandemia e não deixarem os estudos de lado.

Formação teórica e prática

A formação conta com apoio do Centro de Ensino e Formação em Teatro Musical (Ceftem), instituição organizada por Reiner Tenente, que também atua como coordenador pedagógico da Cia Teatro Transforma. Outros profissionais envolvidos no projeto são Paulo Trajano, Paula Sandroni, Alexandre Queiroz, Flaviano Dias e Patrícia Mota que ministrarão disciplinas ao longo do curso. Os alunos terão acompanhamento fonoaudiológico, aulas de canto, dança e interpretação, assistência de direção, assistência de direção musical, produção entre outras relacionadas à realização de um musical.

Além da formação teórica,  grupo terá a oportunidade de colocar em prática o aprendizado em um “intensivo” de três meses na produção de um musical dirigido por João Fonseca no Teatro Riachuelo Rio. Esta atividade do último período está prevista para 2021 e espera-se que até lá, a contaminação e o risco provocado pelo novo coronavírus tenha diminuído consideravelmente.

Etiquetas
Mostrar mais

Cláudio Martins

Jornalista formado pela FACHA (RJ) e fundador do A Broadway é Aqui!

Artigos relacionados

Comente

Botão Voltar ao topo
Fechar