Musical “Billy Elliot” chega ao Brasil com temática de superação e canções de Elton John

Um filme que já conquistou o status de cult entre os fãs do cinema, atravessa agora a tela e ganha vida e cores brasileiras no palco do Teatro Alfa. Trata-se da primeira montagem nacional de”Billy Elliot“, musical inspirado no mesmo filme de 2000 que fala sobre um menino, filho de um mineiro que descobre o talento para o balé. Enfrentando o preconceito, o jovem se destaca, conquista o apoio do pai e dos amigos da família e realiza o sonho de ser bailarino.

A história narrada pelo roteiro de Lee Hall dialoga com a trajetória dos meninos que se dividem na pele do protagonista, os jovens e talentosos Pedro Sousa (10), Richard Marques (14) e Tiago Fernandes (14). Os meninos trazem em sua trajetória histórias de superação, cada um a seu modo, até a conquista de um papel tão importante para um espetáculo de nível internacional, já encenado na Inglaterra, nos Estados Unidos e na Austrália.

O pano de fundo histórico de “Billy Elliot” é o conturbado período da greve dos mineiros no Reino Unido em 1984, um reflexo das políticas da então Primeira-Ministra Margareth Thatcher, que ganhou a alcunha de “dama de ferro” pelo modo como conduzia a política. Os contrastes do musical ficam mais nítidos com composições de Elton John que marcam de certa forma o tom politzado da produção, como em “Merry Christmas Maggie Thatcher” (“Feliz Natal Maggie Thatcher”).

Cinebiografia de Elton John chega em maio aos cinemas

O elenco do musical conta ainda com nomes que são sinônimo da alta qualidade do teatro musical brasileiro. Sara Sarres vive a mãe do personagem, enquanto o irmão mais velho do personagem é interpretado por Beto Sargentelli, acompanhado de Carmo Dalla Vecchia, que além dos trabalhos em televisão conhecidos pelo grande público, já atuou em musicais como “Forever Young“. Completam o elenco central da trama Iná de Carvalho, como a divertida avó de Billy, Vanessa Costa como a mentora e incentivadora do talento do rapaz, a professora Sra. Wilkinson, André Luiz Odin, no papel de Braithwaite, Marcelo Nogueira como George e Marcelo Góes como Big Daves. Billy também conta com o apoio de seu fiel amigo Michael, vivido por outros pequenos prodígios: Felipe CostaTavinho CanallePaulo Gomes.

Conheça o elenco de Billy Elliot

Patrocinado pela Brasilprev, o espetáculo é mais um marco do Atelier de Cultura em produções com crianças em lugar de protagonismo. Responsável por trazer “Annie” ao Brasil, protagonizado por jovens e talentosas meninas, a produtora tem outro espetáculo nas mangas para montagem em terras brasileiras: “Escola de Rock“, peça do mago dos musicais, “Andrew Lloyd Webber”, inspirado no filme de 2003 protagonizado por Jack Black. Dessa forma, o Atelier segue como um verdadeiro “celeiro” para novos talentos do teatro musical no país.

Serviço – Billy Elliot

Onde: Teatro Alfa (1.100 lugares) – Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro

Quando: Sexta às 20h30, Sábado às 15h e 20h, Domingo às 14h e 18h30. até 30 de junho.

Quanto: De R$ 75 a R$ 310

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.