Sucesso de 1991, novela “Vamp” vai virar musical

Depois do sucesso na TV, a novela “Vamp”, que foi ao ar pela Rede Globo em 1991/1992, ganhará uma adaptação musical para os palcos. De acordo com a coluna Gente Boa, do O Globo, após 23 anos, o autor da novela, Antônio Calmon, e o diretor, Jorge Fernando, vão repetir a parceria assumindo as mesmas funções na produção do espetáculo, que tem a fictícia cidade de Armação dos Anjos, no litoral norte do Rio de Janeiro, como cenário, e deve estrear em palco carioca no segundo semestre deste ano.

Vamp

Sobre a novela

Dividida em 179 capítulos, a história divertida, cheia de vampiros, suspenses, e com trilha sonora nacional e internacional, que tinha como tema de abertura o sucesso de Vange Leonal, “Calada Noite Preta”, trazia em cena nomes como Claudia Ohana (Enlace), Ney Latorraca, Reginaldo Faria, Joana Fomm, Nuno Leal Maia, Evandro Mesquita, Fábio Assunção e grande elenco.
Premiada pelo APCA, nas categorias “Melhor Novela”, “Melhor Ator” e “Revelação Masculina”, a atração, que garantia uma boa audiência no horário das 19h, ganhou duas reprises, sendo a primeira 11 meses após seu término, na Sessão Aventura, editada para 130 capítulos, e a segunda em 2011, pelo Canal Viva, exibida na íntegra.

Sobre a trama

Na fictícia Armação dos Anjos, cidadezinha no litoral do Rio de Janeiro, o capitão reformado da Marinha Jonas Rocha (Reginaldo Faria), viúvo e pai de seis filhos, casa-se com a historiadora Carmem Maura (JoanaFomm), também viúva e mãe de seis filhos. Apaixonado, o casal vive em harmonia com sua grande família até a chegada da cantora de rock Natasha (Claudia Ohana), vampira que se tornou famosa internacionalmente após um pacto com o líder dos vampiros, o conde Vladimir Polanski, Vlad (Ney Latorraca), a quem ela agora deseja destruir para se livrar de sua maldição. A única arma que poderá ajudá-la a realizar seus planos é a Cruz de São Sebastião, que está escondida em algum lugar de Armação dos Anjos. Diz a profecia que a cruz deve ser manejada por um homem chamado Rocha. O herói é o capitão Jonas, que, em encarnações passadas, disputou com o conde Vlad o amor da cantora, que então se chamava Eugênia. Ameaçado, Vlad passa a perseguir a roqueira e a família de Jonas, transformando Armação em uma cidade repleta de vampiros.

Em determinado momento da história, Natasha se envolve com Lipe (Fábio Assunção), o filho mais velho de Jonas, atrapalhando o romance do jovem com a doce Lena (Daniela Camargo). A roqueira engravida e, nos capítulos finais, dá à luz um menino, Lipinho. Natasha decide ir embora de Armação dos Anjos para se dedicar à carreira, e deixa o bebê para Lipe e Lena criarem. Antes disso, Lipinho enfrenta a fúria de Vlad. Encarnado em Gerald (Guilherme Leme), Vlad sequestra a criança e tenta mordê-lo, com o objetivo de manter a linhagem dos vampiros. Lipinho escapa graças ao capitão Jonas, que atira contra Vlad, e à caçadora de vampiros Mrs. Penn Taylor (Vera Holtz), que joga água benta na criança. Agonizando, Gerald se transforma em Vlad. Mesmo enfraquecido, ele parte para cima de Jonas, que crava uma estaca em seu peito, acabando definitivamente com o todo-poderoso conde. Na última cena da novela, Natasha brilha em um show em Nova York.


Fonte da Trama: Memória Globo

Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s