Colecionador de souvenirs de musicais monta loja virtual

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Ele nasceu em Guarulhos, se mudou para Uberaba no primeiro ano de vida, e viveu por lá até os 18 anos. Até então, Leonardo Granjeiro (31), considerado um dos maiores colecionadores de souvenirs de musicais do país, não havia descoberto a paixão que anos depois viria a se tornar um vício – agora com dias contados.
Em São Paulo, há 13 anos, a mudança veio como um divisor de águas na vida de Leonardo, que ao contrário do que muitos podem estar pensando, não saiu de sua cidade para estudar canto, dança ou interpretação – pontes diretas com sua maior fascinação. Formado em Administração Hoteleira, com MBA em Marketing e especialização em Projeto, a vida de muito estudo e trabalho conseguiu dar lugar também para o lazer, e a descoberta pelo mundo do teatro musical surgiu aí, de forma inesperada, do palco para plateia, e junto com a chegada do primeiro grande clássico da Disney ao Brasil, o terceiro sucesso da Broadway que chegava ao antigo Teatro Abril.

Simba
Simba, a primeira pelúcia – Foto: Arquivo Pessoal

“Em 2002 ganhei um ingresso para assistir o musical a “Bela e a Fera”, naquela época protagonizado pela Kiara Sasso e o Saulo Vasconcelos. Até então eu não tinha ideia do que era o teatro musical, mas daquele dia em diante me tornei um apaixonado.
Comecei a coleção com um programa do musical, e a cada um que eu ia, a coleção aumentava.
Em 2004 um dos meus melhores amigos me deu uma pelúcia do musical “O Rei Leão”, dai não parei mais…”.

A paixão que não se limitou só aos programas simples e de luxo, e anos depois ganhou um quê de compulsão, não se contentou em acompanhar apenas o que acontecia no Brasil, e o levou a viajar pelo mundo em busca de novos espetáculos e objetos. Ora a passeio, ora para um bate e volta – só para conferir aquela pré estreia especial… Leonardo saiu a procura das lojas mais diferentes, deu lances nos leilões mais disputados, e venceu as mais cansativas esperas pelo autógrafo mais desejado; Mas por outro lado, tudo isso foi muito válido, pois foi capaz de lhe proporcionar uma coleção não só de itens incríveis, mas também de momentos e lembranças únicas, além de uma bagagem cultural digna de dar inveja em muito fã de musical.

“Perdi as contas de quantos espetáculos vi, mas com certeza foram mais de 100. Somente no ano passado vi quase 30. Passei por uns oito países só para assistir musicais, mas o grande foco sempre foi Nova York e Londres. E também o México, que ultimamente tem me surpreendido com grandes produções”.

E em meio a tantas opções, ele consegue ainda eleger o seu preferido, e cumpri a difícil missão de escalar um TOP10.

“Definitivamente “Wicked”. O primeiro musical que assisti na Broadway e me marcou demais. Além disso é uma historia que fala de amizade, com uma produção a “la Broadway” e muito inteligente. Fora as músicas, que são espetaculares”.

É difícil elencar os top 10, mas acredito que sejam:

  1. WickedTop-10-trophy2
  2. Memphis
  3. Billy Elliot
  4. A Bela e a Fera
  5. O despertar da Primavera
  6. Book of Mormon
  7. Kinky Boots
  8. Rent
  9. Hairspray
  10. Avenida Q

Com 540 ítens catalogados, a coleção de Leonardo conta com todo tipo de souvenir, indo dos mais comuns, como canecas e programas, aos mais diferentes, como estátuas e objetos cênicos. Dentre eles, alguns são considerados raros, outros exclusivos, e sobre o processo de busca e aquisição deles, ele explica como funciona:

“Isso depende. Dos musicais recentes, que estão atualmente em cartaz, especialmente na Broadway, estes itens são vendidos normalmente no saguão do teatro, com um modelo de loja até parecido com o que vemos em nossos musicais. Para os musicais populares, como “O Fantasma da Ópera” e “Wicked”, por exemplo, existem lojas especificas para colecionadores em Nova York, além de sites de leilão como o Broadway Cares, e sites de compras, como o Ebay”.

E quando perguntado qual é o item que vem junto com uma louca história, ele conta:

“Um globo de neve do musical “Wicked”. Desde a o inicio do musical, já foram lançados 5 globos diferentes, cada um com uma das músicas tema. Eu possuía até então 4 dos 5 globos, faltando apenas o “Defying Gravity”, lançado no ano de estréia. Descobri que o objeto estava em leilão por um usuário do Ebay, e quando cheguei ao lance final, ainda não acreditava no valor que estava pagando… E até hoje ainda não acredito rsrs…”.

Globo Wicked "Defying Gravity"
Globo Wicked “Defying Gravity” (raro) – Foto: Arquivo Pessoal

Mas a paixão de Leonardo não pende somente para o lado internacional, produções brasileiras também estão presentes em sua coleção e agradam o fã que não perde nenhuma estreia em São Paulo. Acompanhando de perto o crescimento da leva de espetáculos originais, ele valoriza as homenagens que são feitas a grandes artistas brasileiros através de musicais biográficos, e tem inclusive o seu preferido.

“‘Elis, a Musical” #comonaoamarlailagarin rs. Gosto muito da produção, mas principalmente da protagonista. Laila Garin é uma atriz completa e conduz o espetáculo com maestria, sem dúvida ela é uma das minhas atrizes preferidas”.

Elis, A Musical // Em cartaz no Teatro Alfa
Elis, A Musical // Em cartaz no Teatro Alfa

Embora consiga igualar sua admiração entre grandes nomes nacionais e internacionais, como Patina Miller (Sister Act, Pippin), Billy Porter (Kinky boots), Kiara Sasso – a quem dedica o mérito da origem de sua paixão -, Sara Sarres e Saulo Vasconcelos, quando perguntado sobre a qualidade das produções, comparando o Brasil com os outros países, e levando em conta que teve a oportunidade de conferir um mesmo espetáculo em vários lugares, o colecionador se divide e dá sua opinião.

“Nos casos em que os direitos comprados permitem alterações, vejo diferenças imensas, não somente no tamanho da produção, mas até em questões que descaracterizam pontos importantes. Mas para musicais em que a produção é feita “by the book”, de fato não há grandes diferenças.
A profissionalização do mercado brasileiro é visível, cada vez mais grandes produções aterrizam por aqui e grandes talentos também. Na minha opinião temos muito espaço para crescer com produções próprias, e não só “biográficas” de grandes músicos ou bandas, que com suas músicas compiladas se tornam musicais todos os dias”.

Menu Broadway Lovers
Menu do Site “Broadway Lovers” – Foto ilustrativa

A história de Leonardo Granjeiro é sem dúvida intensa e curiosa, deixa aquele gosto de quero mais para cada um que sabe a delícia que é voltar para casa com a recordação de um grande momento, e diante de tudo isso, fica difícil acreditar que ele tenha tido a coragem de se desfazer de sua coleção. Sim! É verdade. Ele vai se mudar, para um espaço que não a comporta, e por essas e outras, colocou tudo a venda.
Quando o Brasil ocupa a feliz marca de ser o 3º maior produtor de teatro musical no mundo, e o momento parece perfeito para aumentá-la ainda mais, ele decide se agarrar à prática do desapego, fazendo disso uma fonte de força e inspiração, para voltar a viajar à passeio e não em busca de novas compras, e por fim, deixar de colecionar objetos, para colecionar apenas lembranças e musicais.

O rapaz corajoso optou por fazer a alegria de outros fãs, e inaugurou na madrugada de ontem para hoje, a sua loja virtual, “Broadway Lovers”, onde disponibiliza seus 12 anos de colecionador, encarando o desafio – para muitos doloroso – de não ficar com absolutamente nada. E sobre essa decisão difícil, porém certeira, ele relata:

“Tenho a sensação de estar num filme. Ao catalogar minha coleção para expor no site ‘Broadway Lovers’, cada peça me remetia a um momento da minha vida, uma viagem, ou uma loucura que fiz para consegui-lo. As vezes, a cada item vendido, bate aquele frio na barriga, mas também fico feliz com os feedbacks que tenho recebido, e com a felicidade de alguns fãs ao adquirir algo da minha coleção”.

Certo de que não será fácil resistir à compras futuras, mas disposto a sobreviver a tentação, ele já traçou sua estratégia:

“O primeiro passo será não passar no balcão de souvenirs ao entrar em um musical rsrs… A próxima vez que for a um, ao final, quero pensar em ir comer ou beber algo, e não correr até a lojinha pra comprar todos os souvenirs possíveis rsrs… Brincadeiras a parte, fiz uma grande reflexão antes de colocar esta coleção a venda”, finaliza demonstrando serenidade e em tom de realização, como quem cumpriu uma missão.

www.broadwaylovers.com.br
www.broadwaylovers.com.br * www.facebook.com/broadwaylovers

 

Conheça algumas curiosidades sobre a coleção:

  • O mais antigo: Uma estátua do musical “Cats” (anos 80)
  • O mais recente: Um bambolê do musical “Pippin”
  • O preferido: os globos de neve de “Wicked”
  • O mais raro: Um spray de cabelo (de verdade) do musical “Hairspray” de paris. Nunca vi este item a venda
  • O exclusivo: tenho alguns itens que são numerados, como um box comemorativo de 25 anos do “O Fantasma da Ópera”
  • O repetido: Sem repetições
  • O mais caro: O globo do musical “Wicked” adquirido em um leilão na internet
  • O mais procurado: Canecas e programas, sem duvida
  • O mais inesperado: Uma coleção do “O Mágico de Oz” feita por um artista/designer dos EUA, Jim shore, que achei numa viagem que fiz para Carolina do Norte, EUA
  • O mais diferente: O armário da Tracy Tumberland, de “Hairspray”
  • O mais estranho: Uma calculadora, que é uma barra de chocolate, que esta embalada e nunca foi aberta do musical “Charlie and the chocolate factor” (A Fantástica Fábrica de Chocolates)
  • O maior: O guarda chuva da Mary Poppins
  • O menor: Fantoches de dedos dos ursinhos do mal, do musical “Avenida Q”
  • O melhor programa de luxo: “A Bela e a Fera”, da versão brasileira, com capa dura e uma capa que recobre o programa
  • A melhor caneca: Mary Poppins
  • O item autografado mais difícil: Conseguir o autógrafo de Idina Menzel na premiere de “If/then”, em Washington. Foi uma luta conseguir o autógrafo dela e do casting.

► O site “Broadway Lovers” oferece um desconto exclusivo de 15% para os leitores do “A Broadway É Aqui!”, válido para uma única compra.
Para obter seu código, solicite através do e-mail abroadwayeaqui@mail.com ou via inbox, em nossa página no Facebook.
Boas compras!

Comemore o Dia das Mães no teatro! – Musicais fazem promoção para a data

Aproveitando a comemoração do Dia das Mães amanhã, alguns espetáculos realizam promoções para quem quiser curtir com a mamãe no teatro. Quem estiver em São Paulo pode conferir o musical “Salve a Dor de Cotovelo” pagando R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia entrada. Ainda na capital paulista, o espetáculo “O Rei Leão”  terá preços únicos neste fim de semana para todas as sessões. Quem comprar o ingresso para o dia 11 de maio poderá tirar uma foto com os personagens do musical. Já no Rio de Janeiro, o público que for conferir “Tudo por um Pop Star” terá 50% de desconto no ingresso para as mães. E quem tiver planos de assistir a “Se Eu Fosse Você” – O Musical“, ao adquirir quatro ingressos, só paga três. Agora não faltam motivos para você celebrar essa data ao lado de uma pessoa muito especial. Bom espetáculo!

leao

dor

pop