Viola Davis compra direitos de “O Beijo no Asfalto”

Viola Davis planeja adaptar “O Beijo no Asfalto” para o teatro, cinema e TV. FOTO: Tolga Akmen/ AFP

Viola Davis adquiriu os direitos da obra “O Beijo no Asfalto“, de Nelson Rodrigues, para produzir a conhecida peça nos Estados Unidos. Segundo a atriz, o enredo da estória, envolvendo o conceito de “fake news“, antes mesmo de ganhar a repercussão que tem hoje, foi um dos principais atributos que despertou a atenção dela para montar o texto, previsto para ser encenado em Los Angeles, inicialmente, e depois na Broadway. Há planos também para adaptações para o cinema e TV.

A atriz é uma das mais respeitadas da geração atual. Detentora de prêmios como Tony Awards, Primetime Emmy Awards, Golden Globes, protagonizou a série “How To Get Away With Murder“, do canal ABC e exibida no Brasil pela Sony e Rede Globo.

“O Beijo No Asfalto” é uma das peças mais encenadas e polêmicas de Nelson Rodrigues. Conta a história de Arandir, um pai de família que, ao prestar auxílio a um moribundo atropelado, concede ao homem um beijo na boca. Um delegado corrupto e um jornalista percebem a oportunidade de usar o escândalo para especular e ganhar em cima da tragédia pessoal de Arandir, que sofre o preconceito e o julgamento do sogro, da família e da sociedade.

A obra foi adaptada para o cinema três vezes e também ganhou uma versão musical, criada por Cláudio Lins e dirigida por João Fonseca. O espetáculo contou ainda Laila Garin, Thelmo Fernandes, Yasmin Gomlevsky, Paulo Gracindo e Claudio Tovar.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.