Disney prepara remontagem de “A Bela e A Fera” na Broadway

Crédito imagem capa: Ed Krieger/LA Excites

O musical que representou a primeira aposta da Disney de lançar seus clássicos nos palcos está em rota de voltar à Broadway. O presidente da divisão teatral da megacorporação, Thomas Schumacher, anunciou recentemente durante o programa televisivo ABC News os preparativos para trazer novamente o espetáculo que marcou a estreia dos estúdios na Broadway. A ideia é aproveitar dos novos recursos tecnológicos disponíveis para trazer ainda mais magia ao show, em contraste com o que havia disponível em 1994, quando o espetáculo chegou aos palcos. Por hora, o executivo da Disney não deu pistas sobre possíveis nomes para o elenco ou datas de estreia.

“A Bela e a Fera” permaneceu por 13 em cartaz na Broadway, num total de 5461 apresentações.  Embora tenha representado um grande sucesso, a crítica parece não ter se interessado pela obra, que na estreia em 1994 ganhou apenas um prêmio Tony (maior reconhecimento do teatro nos Estados Unidos) na categoria de melhor figurino. Ao chegar a Londres no West End, quatro anos depois, o musical faturou também apenas um Laurence Olivier Award (maior prêmio teatral britânico) no quesito “melhor musical novo”.

A peça foi produzida duas vezes no Brasil. A primeira em 2002, no então Teatro Abril (hoje Renault) com Kiara Sasso e Saulo Vasconcelos no papel dos protagonistas e Daniel Boaventura no papel do antagonista Gaston. Já a segunda produção foi realizada em 2009, sete anos depois, no mesmo teatro, com Lissah Martins e Ricardo Vieira como Bela e Fera, respectivamente. O saudoso Marcos Tumura, falecido em 2017, esteve nas duas produções como o personagem Lumière, ao lado de Andrezza Massei, que também participou das duas montagens como a Dona Cômoda.

Kiara Sasso e Saulo Vasconcelos na produção brasileira de 2002. FOTO: F. de São Paulo.

Recentemente, A Bela e Fera foi adaptado novamente para o cinema em um live-action, com Emma Watson e Dan Stevens nos papéis principais. Em 2017, ano da estreia do longa, o filme liderou as bilheterias com um faturamento de 1.263,5 bilhões de dólares mundo a fora.

Atualmente, a Disney mantém três espetáculos em cartaz na Broadway: o block buster “O Rei Leão”, “Aladdin” e “Frozen”, todos adaptados das animações do estúdio. Entre os filmes que já foram adaptados se encontram ainda “A Pequena Sereia”, “Mary Poppins”, “Tarzan”, “Newsies”.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.