Musical em homenagem à Dona Ivone Lara estreia no RJ

Após a polêmica envolvendo a atriz Fabiana Cozza, escolhida pela família de Dona Ivone Lara para protagonizar o espetáculo em homenagem à artista, o musical estreou no Rio de Janeiro. Com a resignação de Fabiana, que abriu mão do papel para outras atrizes mais próximas do tom de pele da homenageada, o espetáculo seguiu em frente, compreendendo a dinâmica do Colorismo e a relevância do tema para a representatividade na Arte.

Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro” compõe uma trilogia em homenagem ao samba, que já contou com a produção de “Cartola – O Mundo é um Moinho” e culminará com “Alcione – Eu sou a Marrom“. Três atrizes dão vida a diferentes momentos da carreira de Ivone Lara, falecida em abril deste ano aos 97 anos. A história da “dama do samba” ganha vida na interpretação de Dandara Mariana, Heloísa Jorge e Fernanda Jacob, que vivem respectivamente a homenageada na infância, fase adulta e maturidade. Longe de ser uma biografia comum, a narrativa foge do formato “cronológico” e apresenta Ivone Lara como uma mulher à frente de seu tempo, o que representa um diálogo com a atual discussão sobre o lugar de fala e protagonismo das mulheres hoje.

O elenco é formado ainda  por André Muato, Bruno Quixote, Cesar Mello, Diego Lopes, Jeff Pereira, Felipe Adetokunbo, Fernanda Cascardo, Felipe Gomes Moreira, Francisco Salgado, Flavia Souza, Guilherme Silva, Hugo Germano, Isabel Filardis, Lucas Leto, Larissa Noel, Matheus Paiva, Nara Couto, Olivia Torres, Rose Lima e Sylvia Nazaré.

Veja fotos do elenco na galeria abaixo. Crédito: Adriana Campos

Este slideshow necessita de JavaScript.

A produção do espetáculo cuidou para que o musical contemplasse também aqueles nomes da cultura que fizeram parte ou tiveram contato com a obra da sambista, como Silas Oliveira, Délcio Carvalho e as cantoras Elizeth Cardoso, Maria Bethânia, Gal Costa e Clementina de Jesus, todos representados no palco. O neto de Ivone Lara, André Lara também participa do elenco no papel  do multi-instrumentista e compositor Rildo Hora, amigo e produtor com quem a artista desenvolveu um disco em conjunto.

A equipe criativa do espetáculo é formada por Jô Santana, idealizador do musical, que contou com a ajuda de Nilcemar Nogueira e Desirée Reis para a pesquisa sobre a vida de Dona Ivone. Quem assina a direção é Elísio Lopes Jr, enquanto o parceiro de trabalho da homenageada, Rildo Hora, é o responsável pela direção musical ao lado de Jarbas Bittencourt. A coreografia é do famoso bailarino Zebrinha.

Serviço: “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro”

Onde: Teatro Carlos Gomes

Quando: Sextas e Sábados, às 19h – Domingos, às 17h

Quanto: a partir de R$ 40,00(balcão) e R$ 80,00(plateia)

Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.