“Company” terá versão com protagonista feminina em Londres

Rosalie Craig como “Bobbie” FOTO: Dan Kennedy

“Company” é uma das obras mais conhecidas do compositor norte-americano Stephen Sondheim. O espetáculo fez sua estreia nos palcos nos anos 1970 e ainda continua atual, ganhando remontagens pelo mundo. E a próxima produção em Londres trará novidades. Pela primeira vez, o papel do protagonista Bobby – um solteirão de 35 anos com dificuldades em manter um relacionamento – será interpretado por uma mulher.

“Bobbie” é o novo nome da personagem na montagem dirigida por Marianne Elliott, que inicia suas prévias em 26 de setembro deste ano no Gielgud Theatre. A atriz escolhida para protagonizar o espetáculo é Rosalie Craig, que já estrelou os musicais “The Light Princess”, “Finding Neverland” e “Ragtime”. 

A escolha de Marianne de colocar uma mulher no papel que originalmente era de um homem vem por conta de um questionamento próprio. Em entrevista ao jornal The Guardian ela explica:

Hoje em dia, se você é um homem de 35 anos que é claramente atraente, teve três namoradas ou provavelmente mais, é bem-sucedido, tem um ótimo apartamento, quem se importa se é casado ou não? Bom para ele …”

…“Mas se você é uma mulher na faixa dos 30 anos e tem um bom trabalho, um ótimo apartamento, muitos namorados … você provavelmente está começando a pensar – aguente firme, o relógio está correndo.”

Outro nome de peso confirmado na produção é a veterana Patti LuPone. A atriz é conhecida na Broadway pela atuação em diversos musicais já conhecidos do grande público, como “Evita” e “Gypsy”. Patti retorna a West End após um hiato de 25 anos e reprisará o papel de Joanne, que interpretou no concerto de “Company” realizado em conjunto com a Orquestra Filarmônica de Nova York em 2011.

Curiosamente, Patti havia declarado que não faria mais musicais devido ao grande esforço necessário e as muitas sessões realizadas por semana, mas voltou atrás ao vislumbrar a oportunidade de trabalhar com Marianne Elliott, que tem espetáculo premiados em seu currículo: “War Horse” e “The Curious Incident of the Dog in the Night-time

Por conta da alteração do protagonista, outros personagens também tiveram seu gênero alterado. As três ex-namoradas de Bobby agora são três rapazes, interpretados por Richard Fleeshman, George Blagden e Matthew Seadon-Young. Os nomes dos personagens foram alterados pelo próprio Sondheim – April agora é Andy (Fleeshman), Martha é PJ (Blagden) e Kathy se tornou Theo (Young).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Outra grande mudança no texto do espetáculo – todas revisadas e aprovadas pelo autor – é a inserção de um relacionamento homoafetivo na trama. O casal “Amy e Paul” se tornou “Jamie e Paul”, interpretados por Jonathan Bailey e Alex Gaumond.

Além Marianne, completam o time criativo Bunny Christie (cenografi), Liam Steel (coreografia), Neil Austin (iluminação) e Ian Dickson (design de som).

 

Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.