Um musical para… Kacau Gomes

Kacau Gomes 2

Foto: Rodrigo Lopes

Ela é atriz, cantora e dubladora… Com formação em canto lírico pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro, Kacau Gomes estreou no Teatro Musical no ano de 1993 em “Os Sinos da Candelária”. Desde então, trabalhou com renomados diretores como Miguel Falabella, Charles Möeller, Claudio Botelho, Wolf Maya, Jorge Fernando, Karen Acioly, Daniel Hertz, Cininha de Paula entre outros.

Sua extensa carreira em musicais engloba ainda os trabalhos nos espetáculos “Ridículo Amor” (1994), “Rock Horror Show” (1995), “Broadway In Cafe” (1997), “Godspell (2002)”, “South American Way” (2002), “Cole Porter (2003)”, “Vamos Brincar de Amor em Cabo Frio” (2003), “Tudo é Jazz” (2004), “Hans Christian Andersen, O faz tudo” (2007), “Ópera do Malandro em Concerto” (2007), “Beatles num Céu de Diamantes” (2008 ,2009 , 2012 e 2015), “Tom e Vinicius” (2009). Entre os mais lembrados pelo pelo público está “Jekyll and Hyde – O Médico e o Monstro”, em que viveu Lucy, uma das protagonistas (2010). Na sequência fez parte de “Rock in Rio – O Musical” (2013), “Se eu fosse você – O Musical” (2014), “Ou Tudo ou Nada” (2015/2016) e “Love Story, O Musical” (2016), adaptação para os palcos do filme de 1970.
No ano passado, interpretou a sofrida e guerreira Fantine, personagem emblemático do musical “Les Misérables”. Recentemente pôde ser vista em palco carioca com o espetáculo “Ângela Maria – Lady Crooner”, ao lado de Janaína Azevedo e Lílian Valeska em um tributo à cantora Ângela Maria, e também como a matriarca da família Capuleto na versão musical de “Romeu e Julieta – Ao Som de Marisa Monte”, que narra a famosa história de amor de Shakespeare, prestes a estrear em São Paulo, no Teatro Frei Caneca.

A atriz não acumula apenas trabalhos no teatro musical. De carreira prolífica, fez participações em atrações televisivas  como “Celebridade”, “A Diarista”, “Casseta & Planeta”, “Casos e Acasos”, “Pé na Cova” e “Malhação”, todos programas exibidos pela emissora de TV Rede Globo. Suas incursões no cinema são representadas por seus trabalhos em dublagem de personagens de animações como “A Dama e o Vagabundo II”, “Hércules” e “O Príncipe do Egito”. Ainda neste ramo, emprestou sua voz para duas heroínas das animações Disney: Mulan (do filme homônimo) e “Tiana”, protagonista de “A Princesa e o Sapo”.

Como cantora teve seu momento de carreira solo, com o nome “Claudja”, em meados da década de 1990, e lançou o single “Brand New Day” que se tornou depois tema da novela “Quem é Você”, da rede Globo, exibida em 1995. Quatro anos depois, adotou a identidade artística pela qual é conhecida até hoje – Kacau Gomes – e lançou mais uma canção, agora ao lado da gravadora EMI. “Diga” é de sua autoria e foi tema da atração vespertina para o público jovem “Malhação” em 2000.
Como backing vocal, acompanhou grandes nomes da música brasileira, como Carlinhos Brown, Ivete Sangalo, Claudia Leite, Marisa Monte, Ed Motta, Marcelo D2 e Fernanda Abreu em apresentações do Rock in Rio (Brasil), Rock in Rio Lisboa e turnês.


BBB
Um musical: Godspell

Um musical para se sentir feliz: Annie
Um musical para se sentir triste: A Cor Púrpura
Um musical para sair pensando: Les Misérables
Um musical para sair chorando: Love Story
Um musical para sair dançando: West Side Story
Um musical para dar boas risadas: Ou Tudo ou Nada
Um musical para dar boas bocejadas: Cats
Um musical para cantarolar junto: Priscilla, a Rainha do Deserto
Um musical para amar a trilha inteira: O Despertar da Primavera
Um musical para amar somente uma música: Pippin
Um musical para vidrar os olhos nos detalhes: The Lion King
Um musical para vidrar os olhos nos atores: Next to Normal
Um musical para querer assistir sempre: Elza Soares
Um musical para querer assistir só uma vez: Baby
Um musical para estrear no Brasil: Once in the Island
Um musical para voltar ao Brasil: Jekyll and Hyde – O Médico e o Monstro
Um musical para homenagear um ícone da música: Whitney Houston
Um musical para homenagear uma personalidade: Madonna
Um musical para querer ver no cinema: The Book of Mormon
Um musical do cinema para querer ver no palco: O Rei do Show
Um musical para recomendar a alguém: Romeu e Julieta – O Musical
Um musical para não recomendar a ninguém: Rock of Ages
Um musical para te descrever: Tina Turner
Um musical para reviver: Jekyll e Hyde – O Médico e o Monstro
Um musical para sonhar fazer: Dream Girls e Tina Turner
Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.