Altos e baixos de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins ganham corpo em “Eu não posso lembrar que te amei”

Dalva de Oliveira e Herivelto Martins foram grandes nomes da música brasileira da “era de ouro” do rádio, na primeira metade do século XX. Mas não foi apenas o talento de ambos que fez com que conquistassem a fama. Muitas brigas e acusações publicadas em jornais fizeram parte de sua jornada ao estrelato. Desde o início da amizade, ao romance e ao fim do relacionamento, a vida destas duas figuras foi marcada por altos e baixos.

Agora, por conta do centenário de nascimento de Dalva, suas histórias e contribuições para a música nacional ganham uma versão musical nos palcos, estrelada por dois nomes de peso: Sylvia Massari e Tadeu Aguiar. Com texto de Artur Xexéo e direção do próprio Tadeu, “Eu não posso lembrar que te amei – Dalva & Herivelto” estreia na capital carioca colocando em cena os conflitos desta casal.

FOTO: Carlos Costa

Curiosamente, não é a primeira vez em que ambos os atores dão vida a estes personagens. Sylvia Massari já viveu a “rainha da voz” no musical “Estrela Dalva”, substituindo Marília Pêra, além de ter interpretado o papel de Dalva nas minisséries “Amazônia, de Galvez a Chico Mendes” e “A, E,I, O…URCA”, em também dividiu a tela com Tadeu que representava Herivelto nestas produções da Rede Globo.

Os principais momentos da dupla, desde o começo com o “Trio de Ouro”, formado por Dalva, Herivelto e Nilo Chagas até a separação tanto conjugal quanto artística estão presentes. Um dos pontos altos da peça é a famosa rixa entre os dois, por conta de sua separação, quando pareciam compor canções aparentemente direcionadas como provocações um ao outro. Enquanto Dalva de Oliveira tinha a seu lado grandes nomes da música, entre eles Ataulfo Alvez, Nelson do Cavaquinho e Paulo Soledade, Herivelto Martins compunha suas próprias composições, entre sambas e boleros. Desse “embate” surgiram clássicos como “Que Será, Falso Amigo”, “Calúnia”, “Tudo Acabado” e “Palhaços”. Veja abaixo alguns versos de “Tudo Acabado”

Tudo acabado entre nós
Já não há mais nada
Tudo acabado entre nós
Hoje de madrugada
Você partiu e eu fiquei
Você chorou e eu chorei
Se você volta outra vez
Eu não sei
Nosso apartamento agora
Vive à meia-luz
Nosso apartamento agora
Já não me seduz
Todo o egoísmo
Veio de nós dois
Destruímos hoje
O que podia ser depois

Não é a primeira vez que a história desse casal é encenada. Ambos já foram tema da microssérie “Dalva e Herivelto: uma Canção de Amor”, apresentada pela Rede Globo em 2010, com Adriana Esteves e Fábio Assunção no papel dos protagonistas. Na época, as cenas dos shows exibida na atração contaram com a direção artística de Charles Möeller e Claudio Botelho.

SERVIÇO:

Onde: Theatro Net Rio
Rua Siqueira Campos 143 – Copacabana
Quando: De 15 de julho a 20 de agosto
Quintas e sábados, às 17h30 e domingos às 20h30.
Quanto: Quinta – R$ 60 e R$ 80 / Sábados/Domingos R$ 80 e R$ 100

 

Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s