Atores de “Cássia Eller, o Musical” falam sobre o sucesso do espetáculo

Fotos: Alessandra Tolc

O elenco e a produção do espetáculo “Cássia Eller, o musical” tem motivos de sobra para comemorar. Afinal, a peça realizou uma façanha digna para poucos musicais no Brasil, ao viajar para 10 capitais do país, em todas as regiões, após a estreia no Rio de Janeiro, em maio de 2014. Montar esse espetáculo em quase todo o Brasil é uma experiência incrível, porque em cada lugar, cada cidade que visitamos, encontramos uma emoção diferente relacionada às canções e a obra da Cássia”, conta Jandir Ferrari, integrante do elenco.

Após o sucesso da turnê, o musical retornou à capital carioca para mais um temporada no Teatro Leblon., e aproveitamos para bater um papo com o elenco e ouvir sobre como a obra de Cássia Eller impactou a vida dos atores envolvidos no espetáculo. O resultado você vê abaixo, junto a m ensaio fotográfico exclusivo para o site.

Por Alessandra Tolc - www.Photolc.com.br - www.facebook.com/Photolc.com.br

Da esquerda para direita: Thainá Gallo, Eline Porto, Evelyn Castro e Jandir Ferrari

O musical, estrelado por Tacy de Campos no papel-título, conta ainda com Eline Porto, no papel de Maria Eugênia, Evelyn Castro, Thainá Gallo, Jana Figarella, Emerson Espíndola e Jandir Ferrari, que se dividem em personagens como Nanci Eller, mãe da cantora, Oswaldo Montenegro, e Nando Reis, figuras importantes na vida profissional e pessoal de Cássia Eller. Se por um lado, o elenco também conta com papéis fictícios, por outro, encara o desafio de viver personagens reais.Eu tive a oportunidade de conversar pela internet com a Dona Nancy  (mãe da Cássia) e foi uma experiência muito proveitosa, porque ela me deu total liberdade para ‘brincar’ com a persona dela em cena. Mas nós sempre encontramos um limite para não fugir muito da mensagem que desejamos passar para público”, ressalta Evelyn Castro. 

“Ao mesmo tempo que a gente tem que ter o cuidado para não fugir muito do nosso personagem, também existe sempre a possibilidade de criarmos algo nosso. De imprimirmos a nossa própria marca naquele personagem, mesmo ele tendo existido ou não. Essa é a grande sacada do teatro e do ator”, conta Emerson Espíndola, intérprete de Nando Reis, entre outros personagens.

Outro desafio tirado de letra pelo elenco e músicos foi lidar com o repertório múltiplo de Cássia Eller. “Cássia Eller foi uma grande intérprete da música brasileira. Em sua carreira ela abraçou muitos ritmos, do rock ao samba”, relata timidamente Tacy de Campos, a protagonista do espetáculo, que deixa o público boquiaberto com sua performance em cena e sua certa semelhança física com a cantora.

Trabalhar neste espetáculo para mim foi como conhecer a “lado b” da obra da Cássia Eller. A gente conhecia inicialmente os sucessos anteriores dela, mas neste espetáculo realizamos um ‘mergulho’ em seu trabalho, na sua vida. Foi uma experiência muito enriquecedora!” celebra Thainá Gallo, que em cena vive Lan Lan, ex- percursionista da banda de Cássia Eller . 

Este slideshow necessita de JavaScript.

O musical, em cartaz ininterruptamente desde 2014, se despede do palco do Teatro Leblon no dia 03 de abril, com sessões às 21h, nas quintas e sextas e sábados, e às 20, aos domingos.

 

Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s