Musical sobre Agnaldo Rayol estreia em novembro, no Rio de Janeiro

Conhecido como “O Rei da Voz”, o cantor romântico Agnaldo Rayol é o próximo artista escolhido para ter sua vida e obra adaptada para o teatro musical. O carioca com voz potente de 76 anos, que inciou sua carreira ainda pequeno, está prestes a reviver grandes momentos de sua carreira no espetáculo “Agnaldo Rayol, a alma do Brasil”, que estreia em novembro, no Centro Cultural Correio, no Rio de Janeiro.

Captura de tela inteira 27102014 225127

Com texto de Fátima Valença, direção de Roberto Bomtempo, e direção musical de Marcelo Alonso Neves, a produção da Arte Mestra, com cenário e figurino de Flávio Graff, parte da infância de Agnaldo, que aos oito anos já se apresentava na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, aos doze entrava para o mundo do cinema – onde estreou mais de 10 filmes, e assim foi sendo reconhecido por seu talento. O auge da sua carreira aconteceu na década de 60, quando estreou como apresentador na TV Record, e migrou como ator para telenovelas, e para o programa musical “Festa Baile”, na TV Cultura, onde assumiu o comando por oito anos na década de 80, e chegou aos dias de hoje conhecido nacional e internacionalmente com seus mais de 50 discos lançados.

Em cena, o idealizador e produtor Marcelo Nogueira, responsável por interpretar o homenageado, ao lado dos atores Stela Maria Rodrigues, Fabrício Negri e Mona Vilardo, formam o elenco que se encarregará de dar vida à diversos personagens fundamentais na trajetória de Rayol, bem como algumas fãs, sua noiva e sua sogra, e as estrelas Hebe Camargo, Angela Maria, Erasmo Carlos, Renato Corte Real, Walderléa e Lana Bittencourt, contando detalhes dessas relações de forma bastante intimista, intercalando o ao vivo com registros sonoros e visuais, e tendo como trilha um repertório bastante completo, onde durante 80 minutos, mais de 25 canções serão apresentadas e acompanhadas pelos músicos Cristina Bhering (Ensaiadora e Piano), Affonso Neto (Bateria) e Luciano Correa (Violoncello), entre elas, “Se todos fossem iguais a você”, “A Praia”, “Fascinação”, ”Serenata do Adeus”, “O princípio e o fim”, “Mia Gioconda”, “A voz do violão”, e “Estrada do sol” .

Foto: Divulgação / Eduardo Alonso

Foto: Divulgação / Eduardo Alonso

O espetáculo “Agnaldo Rayol – A Alma do Brasil”, estreia em 06 de novembro, em uma curta temporada que vai até 21 de dezembro, no Centro Cultural dos Correios, fazendo uma perfeita conexão com um curioso fato de sua carreia envolvendo a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, pois foi justamente em uma de suas agências, onde se gravava mensagens, que o primeiro disco do eterno galã multitalentoso foi gravado, sendo este o primeiro grande passo para se tornar consagrado.

Serviço

Onde: Centro Cultural Correios
Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro
Quando: 06 de novembro a 21 de dezembro
        quinta a domingo, às 19h
Quanto: R$20,00
Bilheteria: quarta a domingo, das 16h às 19h
Classificação: 10 anos
Anúncios

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s