“Tim Maia – Vale Tudo” se despede de São Paulo e sai em turnê

Por Grazy Pisacane

Chegou ao fim a temporada paulistana de “Tim Maia – Vale Tudo, o Musical. O espetáculo que estreou em 05 de agosto de 2011, no Teatro Carlos Gomes, no Rio de Janeiro, e passou por lugares como Porto Alegre, Uberlândia, João Pessoa, Paulínia e Recife, se despediu na noite de ontem, 16, do palco do Teatro Procópio Ferreira, onde realizou duas bem sucedidas temporadas, lotando todas as sessões.

Danilo Tim

Em cartaz há mais de dois anos e meio, e tendo sido visto por mais de 400 mil pessoas, o musical de Nelson Mota, baseado em seu livro “Vale tudo — O som e a fúria de Tim Maia”, biografia publicada em 2007, com direção de João Fonseca (Prêmio Bibi Ferreira “Melhor Direção”) e direção musical de Alexandre Elias, apresenta ao público a história de vida divertida, conturbada e polêmica de Sebastião Rodrigues Maia (1942-1998), agora conhecido também como “Tião Marmiteiro” ou como sempre, o “Síndico do país”Tim Maia.
Mesclando com seu repertório de sucesso, o espetáculo passeia pelos altos e baixos do cantor, sua infância na Tijuca, a relação com os pais, o convívio com os irmãos, o talento para a música, os amigos influentes, as dificuldades nos EUA, a ascensão e a queda com a fama, a busca pela companhia perfeita, o período maluco de “imunização racional”, a chegada dos filhos, a luta contra o peso, os problemas de saúde, e as incontáveis faltas em seus compromissos de trabalho.

timmais

O percussor do Soul Music no país, inicialmente interpretado por Tiago Abravanel e assumido tempos depois fielmente por Danilo de Moura, vencedores do Prêmio Bibi Ferreira na categoria “Melhor Ator”, tem sua vida retratada dos 12 aos 55 anos, mais de quatro décadas de encontros e desencontros com amigos da Jovem Guarda e MPB, como Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Jorge Bem Jor, Fábio, Elis Regina, Chico Buarque e Edu Lobo, e com sua amada Janete.

Tiago e Danilo 2

Em cena, as 25 músicas que compõe a trilha são cantadas ao vivo por 12 atores, que se revezam em diversos papeis, e acompanhadas por uma banda de sete músicos, responsável por reproduzir a sonoridade da Vitória Régia, grupo formado por Tim em 1976, e que o acompanhou por 22 anos, até o último show. Entre os clássicos para cantar junto estão “Primavera”, “Azul da Cor do Mar”, “Gostava Tanto de Você”, “Sossego”, “Chocolate”, “Do Leme ao Pontal”, “Não quero dinheiro”, e a canção título “Vale Tudo”.

Tim2

DSC01505-002Agora, a produção que parece nunca dizer adeus, se prepara para sair em mais uma turnê, e a primeira parada será em Ribeirão Preto, onde fará duas apresentações no dia 22 de março, no Centro de Eventos Ribeirão Shopping, e depois Maceió, para três apresentações nos dias 28, 29 e 30 de março, no Teatro Gustavo Leite, porém, o musical segue viagem sem a presença do ator Pedro Lima no elenco; O intérprete do Sr. Altivo, pai de Tim, do cantor Jorge Ben, e do médium Manoel Jacintho, será substituído, e se despediu duplamente durante a última apresentação em São Paulo, emocionando aos colegas de trabalho.

Confira fotos da última apresentação no Teatro Procópio Ferreira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia também:

Danilo de Moura, um Tim Maia que vale tudo

Anúncios

Uma resposta para ““Tim Maia – Vale Tudo” se despede de São Paulo e sai em turnê

  1. Pingback: “Cássia Eller – O Musical” chega ao CCBB de Belo Horizonte | A Broadway é Aqui!·

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s