Vinícius de Moraes é tema de musical em São Paulo

Chegou ao palco do Espaço das Artes, em São Paulo, na última sexta-feira, 07, o espetáculo musical Vinícius de Vida, Amor e Morte”, disposto a apresentar a obra do músico e poeta Vinícius de Moraes (1913 – 1980) de uma maneira bastante diferente.
Tendo a canção “Casa” como principal conectividade entre palco e plateia, o espetáculo começa antes mesmo do público se acomodar nas poltronas, quando ele ainda está reunido no foyer, e ali é convidado pelo elenco a “entrar nessa Casa”, abrindo assim as portas para conhecer melhor o universo em torno da “rua dos bobos, número zero”.

2627655100-vinicius-de-moraes1

Assim como diz na canção, o lugar onde se passa a peça, embora feito de material concreto, é um espaço onírico, que não possui teto, janelas, portas e nem paredes, e ao adentrá-lo, a platéia é dividida entre os dois lados do Espaço, que ganha cinco ambientes que retratam a vida, a obra, o amor, e a morte de Vinícius.
A peça irá transitar por quatro cantos: um palco intimista com um banquinho e um violão, uma escrivaninha cheia de papeis e anotações com uma garrafa de Whisky, um banco de praça, e uma banheira, representando a forma como o poeta foi encontrado morto. Já o centro do local sugere uma praia.

Vinicius_de_Vida_Amor_e_Morte_31 61_-_Miró_Parma

Fugindo de um texto detalhadamente biográfico, e de um elenco que represente personagens reais, não há um intérprete para Vinícius de Moraes. A ideia é que através da maioria das falas, quase todas escritas pelo próprio, e das canções ali interpretadas, situações cotidianas sejam relacionadas com a obra literária e musical do poeta, e seja possível reconhecê-lo através dos extremos encenados pelo elenco, momentos entre o cômico e o dramático, unindo o lírico e o popular, a carne e o espírito, e o superficial e o profundo.

Vinicius-de-Vida-Amor-e-Morte-3089-Miró-Parma-va

Em cartaz até 30 de março, o musical tem a direção de Dagoberto Feliz, que também assina a direção musical ao lado de Alexandre Moura, e pesquisa literária e dramaturgia da Cia. Coisas Nossas (Noel Rosa, o Poeta da Vila e seus Amores), a montagem traz no elenco Lívia Camargo, Cristiano Tomiossi, Cibele Bissoli, Conrado Caputto, Gisela Millás, Helder Mariani, Katia Naiane, Lucelia Sergio, Rodrigo Scarpelli e Sueli Andrade.
A trilha sonora, que apresenta clássicos como “Chega de Saudade” e “Minha Namorada”, fica a cargo dos músicos Alexandre Moura (violão e piano), Flavio Rubens (clarineta e flauta transversal), Marco Rochael (clarineta), Miró Parma (percussão e bateria) e Rodrigo Scarpelli (contrabaixo).

Vinicius-de-Vida-Amor-e-Morte

Serviço:

Espaço das Artes - Sesc Santo Amaro (1º andar)
Rua Amador Bueno, 505
Quando: Sextas às 20h, sábados e domingos às 19h
Quanto: R$ 3,20 para comerciários matriculados no 
Sesc;
R$ 8,00 para usuários inscritos no Sesc, estudantes, professores da rede pública e pessoas com mais de 60 anos e deficientes;
R$ 16,00 para o público geral 

Classificação: Recomendado a maiores de 16 anos 

Ingressos: Através do site da unidade (até quatro por CPF) e nas bilheterias de qualquer unidade pela Rede Sesc

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.