BroadwayMusicais

Farewell, Spider-Man! – Musical sobre o herói encerra temporada na Broadway

O espetáculo da Broadway mais caro de todos os tempos fará sua última apresentação no dia 04 de janeiro quando Spider-Man: Turn Off the Dark se despede do Foxwoods Theatre, pouco mais de três anos após sua primeira e desastrosa preview.
Spider-man-TOTD-9O musical baseado no adorado super-heróis iniciou sua temporada de previews em novembro de 2010, se tornando rapidamente foco da mídia devido a sua troca de elenco e acidentes nos bastidores, além da chocante “dispensa” de sua diretora original e co-criadora Julie Taymor (responsável pelo fenômeno O Rei Leãoveja aqui vídeos da coletiva de imprensa da peça no Brasil). Após novos textos, roteiros, produção de palco e até mesmo novas músicas compostas pelos membros da banda U2, Bono e The Edge,  o espetáculo teve sua estreia prorrogada e abriu oficialmente no dia 14 de junho de 2011, com mais um recorde Broadway: o de espetáculo com maior tempo em previews.
Apesar das críticas ruins e tantas notícias negativas relacionadas ao espetáculo, sua bilheteria abriu a todo vapor e continuou assim durante seus primeiros dezoito meses, com a atenção da mídia levando a arrecadações de 1.5 milhões de dólares por semana, ou mais. Nos períodos de grande temporada, Spider-Man mais de uma vez chegou a marca de $2 milhões; na primeira semana de janeiro de 2012, bateu o recorde de arrecadação semanal de show na Broadway, ganhando naad menos do que 2.9 milhões de dólares.
Spiderman-Sara-KrulwichA peça foi vista por cerca de dois milhões de pessoas em Nova York e faturou $203 milhões até o momento, mas a curiosidade e interesso do público vem diminuindo já há alguns meses, diminuindo a lotação do teatro, que chega a cerca de 75% nos últimos tempos, e consequentemente sua arrecadação. Com seu orçamento astronômico e custos de temporada, a produção não espera recuperar dua capitalização, chegando agora a possibilidade de ficar entre os shows que mais perderam dinheiro na história da Broadway.
A produção vai agora para Las Vegas, onde pretende estrear em 2015 e impedir esse desastre econômico graças aos menores custos de produção que a cidade oferece. Enquanto isso, o gigantesco teatro Foxwoods já visiona por seu próximo grande espetáculo: o australiano King Kongproduzido pela Global Creatures, que estreou no início deste ano em Melbourne.
Pela segurança do elenco e da produção, esperamos que a temporada em Vegas seja menos (bem menos) turbulenta do que a novaiorquina.
*Publicado originalmente no site Funny Girl, com base na parceria dos dois portais.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Comente

Botão Voltar ao topo
Fechar