BrasilMusicaisPrêmios

“Gonzagão – A Lenda” estreia em São Paulo

Depois de uma bem sucedida temporada carioca, e uma rápida passagem por Vitória, o espetáculo que conta a história do “Rei do Baião”, Luiz Gonzaga, chega hoje a São Paulo trazendo dois novos talentos no elenco.

Apresentando a história do homem simples que virou mito, a trama mescla fantasia e realidade, e é apresentada por oito atores e uma atriz, que se revezam no palco em uma viagem musical, passeando por fatos da vida e obra do cantor. Nos primeiros instantes do espetáculo, uma trupe entra em cena para contar a “lenda do Rei Luiz”, e anunciam que encenarão uma história que nasceu no século XX, no sertão do Araripe.

7299
Foto: Divulgação

A biografia do homem que nasceu em Pernambuco, no município de Exu, e deixou sua cidade aos 17 anos para descobrir o mundo, ganha vida no palco pelas mãos do diretor e compositor João Falcão, também pernambucano e totalmente familiarizado com o texto, embora não tenha feito uso de qualquer didatismo em sua construção e tenha optado por uma abordagem teatral, e não enciclopédica.

Falcão se viu livre para costurar os fatos, criá-los e recriá-los, escolheu retratar o Rei mais como mito do que como homem, criou um encontro que nunca aconteceu, entre Luiz Gonzaga e Lampião, figuras icônicas da história brasileira, e rebatizou as duas mulheres mais importantes da vida do músico com nomes que aparecem em suas canções: Morena, escolhido para Odaléa, a mãe de Gonzaguinha, e Rosinha para Nazarena, seu primeiro grande amor. A história ainda relata a relação de Luiz com seu pai, Januário, que dentre tantos ensinamentos, lhe passou o de tocar o acordeon, originando assim, o surgimento do ritmo “baião”.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A trilha, que conta com mais de 40 sucessos como “Cintura fina”, “O xote das meninas”, “Qui nem jiló”, “Baião”, “Pau-de-arara” e sua mais famosa composição, “Asa branca”, ganha uma nova roupagem, sem perder sua originalidade, e vai além da estrutura básica do forró, que inclui somente os instrumentos sanfona, triângulo e zabumba. Com novos arranjos, o diretor musical Alexandre Elias traz à cena quatro parceiros, os músicos Rafael Meninão, Rick De La Torre, Daniel Silva e Beto Lemos, acompanhados de sete instrumentos: sanfona, percussão, bateria, violoncelo, rabeca, pandeiro e viola.

30124_0903Na montagem paulistana, dois novos rostos descobertos por João Falcão se apresentam: a cantora Larissa Luz, dona do único papel feminino e estreante no mundo do teatro e do teatro musical, substituindo sua conterrânea Laila Garin, prestes a viver Elis Regina, em “Elis, A Musical”.

1380329_653816064642473_1000337586_nMarcelo Mimoso, o taxista que também é cantor de forró, que nunca tinha assistido a uma peça, e agora tem a responsabilidade de subir ao palco para narrar boa parte da história de Gonzaga e cantar a maioria das músicas.                 No elenco ainda estão os atores Adrén Alves, Alfredo Del Penho, Eduardo Rios, Fábio Enriquez, Paulo de Melo, Renato Luciano e Ricca Barros. 

Vencedor do Prêmio Shell 2012 de Melhor Música e de Melhor Produção no 7º Prêmio APTR, o espetáculo que já foi visto por mais de 50 mil pessoas, tem texto, direção e roteiro musical assinados por João Falcão, direção musical de Alexandre Elias, também responsável pelos arranjos juntamente com os músicos, cenários de Sergio Marimba, figurinos de Kika Lopes, e Iluminação de Renato Machado. Com a produção da Sarau Agência de Cultura Brasileira e a realização do Sesc, “Luiz Gongaza – A Lenda” fica em cartaz de 24 de Outubro a 01 de dezembro, no Teatro do Sesc Belenzinho.

Serviço:

Sesc Belenzinho  – Rua Padre Adelino, 1000

Telefone: (11) 2076-9700 | www.sescsp.org.br/belenzinho

Horários: Sextas e Sábados, às 21h | Domingos e feriados (2 e 15/11), às 18h.

Ingressos: R$ 25

  • R$ 12,50 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino).
  • R$ 5 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Ingressos à venda pela Rede INGRESSOSESC (unidades do Sesc) e pelo Portal Sesc SP www.sescsp.org.br , a partir de 1º de outubro, às 14h

Duração: 80 minutos

Recomendado: 12 anos

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

Comente

Botão Voltar ao topo
Fechar