Os novos planos de Cameron Mackintosh para “Miss Saigon”

Cameron
Cameron Mackintosh (Foto: Divulgação)

A moda de musicar filmes e peças teatrais parece estar mesmo em seu melhor momento, se afirmando e reafirmando no Brasil e no mundo a todo tempo. O super-produtor Cameron Mackintosh, conhecido também por adaptar seus musicais para o cinema, confessou nas últimas semanas a alguns jornais e sites americanos, que já está maquinando dois novos projetos profissionais – e mega-musicais – para os próximos anos. Mackintosh teria dito que para acelerar uma de suas ideias, ele depende diretamente do seu mais recente lançamento, Les Misérables, ser um sucesso cinematográfico, o que já pode ser considerado. O filme que estreou em dezembro de 2012 e chega aos cinemas brasileiros em 01 de Fevereiro, desbancou as bilheterias de outros lançamentos e foi indicado ao Oscar 2013 em 8 categorias, além de faturar 3 estatuetas do Globo de Ouro, premiação que aconteceu no último domingo, 14, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (Hugh Jackman) e Melhor atriz coadjuvante (Anne Hathaway). Desse modo, fica mais fácil prever que Cameron reafirmará sua nova ideia: produzir uma versão de Miss Saigon” para o cinema e contar a bela e dramática história de amor de Kim e Cris em novo estilo.

miss_saigon_3841

Além dessa possibilidade, um “revival” do seu sucesso de 1989 também deve voltar aos palcos de Londres em 2014. Durante a estreia de Les Miz em Tókio, ele afirmou já estar em busca de um teatro para estrear e contou já ter dado início às audições preliminares, o elenco que há 25 anos atrás, em sua estreia em Londres, levou um ano para ser escolhido, parece não enfrentar a mesma dificuldade agora; Ele teria confirmado seis atrizes filipinas como possíveis “finalistas” para viver o papel da mocinha Kim. A ideia é que nos próximos 18 meses, o musical esteja pronto para acontecer. No Japão, uma nova versão do musical também acaba de estrear e já é considerada um sucesso, pois apesar de ser uma produção bem diferente da primeira, a essência ainda é a mesma.

A produção original, em Londres, ficou em cartaz por 10 anos e teve 4.264 apresentações, foi o mais longo espetáculo no Teatro Royal, Drury Lane; Na Broadway o espetáculo estreou em 1991, concorreu a 10 prêmios Tony e venceu três, incluindo um para a estrela Lea Salonga por sua Kim; Já no Brasil, a estreia aconteceu em 2007, teve a direção do americano Fred Hanson e contou com Lissah Martins no papel de Kim, Nando Prado como o soldado Cris, e nomes como Kiara Sasso, Marcos Tumura, Tiago Abravanel e Matheus Braga no elenco.

Lissah Martins (Kim) e Nando Prado (Cris) em "Miss Saigon" (Foto: Divulgação)
Lissah Martins (Kim) e Nando Prado (Cris) em “Miss Saigon”          (Foto: Divulgação)

“Miss Saigon” foi escrito em 1989, pelos compositores Claude-Michel Schönberg e Alain Boublil, a dupla por trás de Mackintosh, baseada na ópera de Puccini “Madame Butterfly”, teve o tempo de sua história fixado em 1970, e enquanto canta, conta o amor de uma jovem asiática, que se apaixona por um soldado americano durante a Guerra do Vietnã e é abandonada – grávida – quando Saigon é ocupada.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.