Danilo de Moura, um Tim Maia que “vale tudo”.

Ele não é o “síndico do Brasil” que Jorge Ben Jor mandou chamar, não administra um condomínio, mas conduz um palco com maestria, a começar pelo fato de comparecer a todas as apresentações e pontualmente (risos). Em entrevista ao “A Broadway é Aqui!”, ele nos conta direitinho como consegue…

Danilo de Moura é o mais novo talento que vem conquistando aplausos incansáveis ao final de cada apresentação; Em cartaz desde 28/06/2012 na pele de Sebastião Rodrigues MaiaTim Maiaele  interpreta sua história, que vai dos 12 aos 55 anos (idade que tinha quando faleceu), no musical TimMaia – Vale Tudo”, escrito por Nelson Motta e dirigido por João Fonseca.

O jovem, que é paulista, deu seus primeiros passos no mundo da música entre 11 e 12 anos, quando começou a tocar violão influenciado pelo acústico da banda Titãs – na época em evidênciaCrescendo em um ambiente familiar regado a muita MPB e Soul Music, com a mãe adorando Oswaldo Montenegro e o pai sendo fã da Motown, foi fácil se tornar eclético, e sobre esse acontecimento “pós Titãs” ele conclui: “Desde então não me desgrudei mais. Depois de um tempo, eu consegui juntar tudo o que ouvia em casa com os meus pais, com o meu violão”. Conectado com melodias, harmonias, letras e canções, o bacharel em canto estudou na Escola de Música e Tecnologia da FPA (Faculdade Paulista de Artes) e cursou faculdade de Produção Musical na Anhembi Morumbi. Daí em diante, nunca mais se desviou do caminho artístico.

Mas ao mesmo tempo em que essa conexão parecia evidente, Danilo conta que não tinha um foco específico que o direcionasse, mas tinhas suas certezas: “Eu sempre soube que era artista e que viveria de arte, agora COMO viver de arte? Não sabia. Tinham muitas opções, cantar era só uma delas. Eu dava aula, trabalhava em estúdio… O teatro musical chegou para plantar uma meta em minha cabeça”, lembra.

Danilo como o escravo Jim em “Huck Finn”

Sua estreia no gênero aconteceu em 2006, na peça “Rua 13 de Maio S/N”, mas foi em 2008, após integrar o musical “Aída”, de Tim Rice e Elton Johnque tudo realmente deslanchou… Protagonizou “O Grande Rio – As aventuras de Huck Finn” em 2008, e em 2010 integrou o elenco de “Hairspray” como Gilbert, e “Aladdin como o Gênio da Lâmpada… O que ele não imaginava, é que após 2 anos se depararia com uma grande oportunidade: viver o cara mais reclamão da música brasileira (risos) em cima dos palcos… Danilo de Moura então foi buscar todas as suas forças e energias para dar vida à Tim Maia – que por sinal, sempre fez parte do seu leque musical.

Ele, que já conhecia a história de vida do cantor por ter lido a biografia de Nelson Motta, fez o teste assim que as audições se abriram, porém ficou como a segunda opção para o papel, o que na certa facilitou na hora de decidir quem poderia substituir a altura o “síndico” anterior, Tiago Abravanel – que passaria a integrar o elenco da novela “Salve Jorge”. Ciente de todas as responsabilidades assumiu o convite com segurança e em pouco tempo, Danilo e seu Tim já haviam conquistado o público.

Para a preparação do personagem, foi preciso ganhar peso – com a ajuda de muito refrigerante, massa e fast food, 25 quilos foram ganhos em poucas semanas, assumindo uma aparência natural semelhante. As vozes, que inegavelmente se assemelham contam especialmente com o fator sorte, pois não se trata de uma “imitação”, e sim de uma aproximação do timbre. Tim é conhecido por suas características vocais marcantes e Danilo se aperfeiçoou fazendo aulas de canto com Amélia Gumes e –muita – fono com Silvia Pinho, para encarar com perfeição os mais de 20 sucessos interpretados em cena.

Em paralelo, ele é o vocalista da banda “Cia Milcento e Onze”, que apresenta uma proposta de sonoridade diferente e uma mistura de estilos. Um acerto na carreira, por sinal, muito bem conciliada com o outro palco. “É minha primeira GRANDE banda, já trabalhei em inúmeras, mas essa é a primeira vez que trilho um caminho autoral. O Tim não atrapalha os projetos da minha banda não, na verdade, agora mais pessoas têm se interessado pelo projeto e tenho certeza de que será próspero”, afirma.

Com uma rotina de muito trabalho, Danilo não nega que a vida social fica completamente abalada, pois os finais de semana não dão muita brecha para manter a vida pessoal. Em contrapartida, o reconhecimento do público não deixa de ser um fator capaz de compensar e fazer valer a pena essa fase, ainda mais para ele que não vê nisso um problema. “Já tem gente que me reconhece na rua, no cinema, no teatro e eu adoro”, contaE como todo bom artista, tem vontade de se complementar, se arriscar em outras áreas e conhecer todas as possibilidades; Ele se mostra interessado e não descarta novos rumos: “Adoraria fazer cinema, tenho uma curiosidade enorme, acho que ia me dar bem. Televisão? Tenho muita vontade de colocar uma música da minha banda em uma novela”.

Mas… Enquanto esses momentos não chegam, você pode conferir o trabalho do Danilo no musical “Tim Maia – Vale Tudo” até 18/11/2012, no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo. Após essa reestreia, a peça que anteriormente esteve em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, volta ao Rio de Janeiro, com a possibilidade de Tim ser interpretado por ele ou por Tiago, sem prévio aviso. “Será loteria”, diz ele… 

E para quem gostaria de vê-lo dando um show sem ser de Tim, no dia 11 de Novembro, às 11h11min PM, sua banda comemora aniversário na “She Rocks”, localizada no Itaim Bibi, em São Paulo.

E apesar da vida em ritmo agitado, o rapaz de talentos múltiplos e prestes a completar 30 anos, ainda se mostra cheio de disposição e ideias quando perguntado sobre planos futuros… “Novos projetos? Milhões a serem concretizados”, finaliza.

Ficamos na torcida por todos eles então?!

Anúncios

Uma resposta para “Danilo de Moura, um Tim Maia que “vale tudo”.

  1. Pingback: “Tim Maia – Vale Tudo” se despede de São Paulo | A Broadway é Aqui!·

E você? O que achou da matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s