B!WorldInternacionalMusicaisMusicalWest End

Musical “Cinderella” ganha nova versão de Andrew Lloyd Webber

Espetáculo vai estrear em West End em setembro deste ano e promete modernizar a clássica história da Gata Borralheira

Esqueça o clássico filme da Disney e o musical de Oscar Hammerstein II e Richard Rodgers que ficou conhecido na Broadway, pois nova adaptação de “Cinderella” promete ganhar um novo contexto nas mãos de Andrew Lloyd Webber. O espetáculo está previsto para estrear em setembro desde ano em Londres, no Gillian Lynne Theatre, teatro que atualmente abriga o musical “School Of Rock”, outro espetáculo do lendário compositor.

O desejo de Lloyd Webber de contar a história da Gata Borralheira no teatro é antigo, mas ele queria fugir do óbvio. “Há muito tempo eu queria escrever minha própria versão da Cinderela, mas nunca consegui encontrar uma versão da história clássica que realmente me cativasse”, explicou nas redes sociais o compositor de clássicos como “O Fantasma da Ópera”, “Cats” e “Evita”.

Tudo mudou quando ele se deparou com a versão, aparentemente moderna, da história de “Cinderella” escrita pela atriz e roteirista Emerald Fennell. “Ela escreveu algo verdadeiramente emocionante e original e, no momento em que li o esboço, sabia que havia encontrado meu último colaborador”, comentou Lloyd Webber que também vai trabalhar nesse espetáculo com diretor e letrista David Zippel, que assinou a trilha da animação “Mulan”, da Disney.

Emerald Fennell ficou conhecida por assumir o roteiro da segunda temporada da série de suspense “Killing Eve”, rendendo a ela uma indicação ao Primetime Emmy Awards 2019 na categoria Melhor Roteiro para uma Série Dramática. Como atriz, um dos seus mais recentes papéis foi na série da Netflix “The Crown”, na qual vive Camilla Shand.

Os detalhes do novo musical inspirado na história de “Cinderella” não foram divulgados e a venda de ingressos ainda não foi aberta, mas, levando em consideração os sucessos de Lloyd Webber no teatro, o público pode esperar uma grande produção, uma trilha sonora que não sai da cabeça e efeitos visuais de tirar o fôlego.

Etiquetas
Mostrar mais

William Amorim

Jornalista com trabalho acadêmico de pesquisa sobre a história do Teatro Musical no Brasil, repórter de entretenimento/cultura no Portal iG, jurado do Prêmio DID e colunista do A Broadway É Aqui!

Artigos relacionados

Comente

Botão Voltar ao topo
Fechar