Entrevista: Conheça Lara Suleiman, a voz da princesa Jasmine no live-action “Aladdin”

Recém estreado nos cinemas, a versão live-action de “Aladdin” vem sendo um dos assuntos mais comentados do momento, bem como os nomes por trás das vozes de cada icônico personagem que, desde 1992, quando a animação foi lançada, vem marcando diversas gerações.
Também não é de hoje que a Disney aposta em nomes do teatro musical para suas superproduções e com essa união, os papéis passam a ganhar mais que voz, ganham também rosto. Foi assim com a atriz Kiara Sasso em “A Pequena Sereia”, com Kacau Gomes em “Mulan” e “A Princesa e o Sapo”, com Any Gabrielly e Saulo Vasconcelos em “Moana”, Giulia Nadruz, Nando Pradho, Alírio Netto, Ivan Parente e Rodrigo Miallaret em “A Bela e a Fera”, Leandro Luna e Adriana Quadros em “Viva – A Vida é Uma Festa” – que também contou com Pradho -, Bruna Guerin, Thiago Machado e Andrezza Massei em “O Retorno de Mary Poppins” e mais recentemente com a jovem e talentosa atriz Lara Suleiman, a potente voz da princesa Jasmine no longa que lidera o ranking de bilheteria do Brasil, superando “Os Vingadores”.

Lara Suleiman
Lara Suleiman | Foto: Caio Gallucci

Com apenas 20 anos, a atriz e cantora que divide o holofote da vez com Daniel Garcia, mais conhecido como Gloria Groove, no papel-título, driblou bem os nãos recebidos nas audições de “O Menino Maluquinho” e “Wicked” antes de conquistar seu espaço nos musicais. Seu primeiro grande sim veio com “Les Misérables”, onde foi cover de Éponine, papel dos sonhos – já realizado – de Lara. De lá para cá engatou um projeto no outro e entre produções Broadway, Off-Broadway e originais, pôde ser vista também em “A Noviça Rebelde”, “Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte” e “Tick, Tick… Boom”, conquistas que vieram como resultado de muito empenho e dedicação ao estudar canto, dança e teatro musical em diversas escolas dentro e fora do país há mais de 10 anos. “Eu sempre gostei muito de ir ao teatro, cantar no chuveiro, pela casa, até que minha mãe percebeu e perguntou se eu não gostaria de fazer um curso de teatro musical. Meu primeiro foi no Teen Broadway, depois fiz canto com vários professores e me apaixonei pela técnica do Douglas Tholedo, foi a que melhor me adaptei”, conta a jovem, que tem ainda o maestro Marconi Araújo como coaching.

larasuleiman_20190531160205.png
Lara Suleiman como Éponine em “Les Misérables” | Foto: Reprodução IG

Em entrevista exclusiva ao B!, Lara contou detalhes do processo vivido para ser escolhida como Jasmine, interpretada por Naomi Scott. Estreante na dublagem, atendeu um telefonema e compareceu a um teste sem fazer a menor ideia do que a esperava, tendo como base apenas um curso de dois finais de semana ministrado por Claudio Galvan, outro nome bastante conhecido do teatro musical – com quem a artista dividiu o palco em “Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte” -, mas principalmente uma grande referência na arte de dar voz a icônicos personagens como, Pato Donald, Ursinho Pooh, entre outros.

Quando cheguei lá e soube que faria uma audição de diálogo e de canto para o filme surtei. Por dentro estava surtando, mas por fora estava agradecendo e mantendo o profissionalismo (risos). Me lembro que não estava com a voz aquecida, mas me tranquilizei pensando que a música seria “Um Mundo Ideal”. Para a minha surpresa eles chegaram com a música “Ninguém me Cala – Parte 2”, que é um pé na porta, extremamente aguda, extremamente forte, acho inclusive que tem que estar um pouco preparada psicologicamente para cantar ela, mas eu tive que aprender na hora e fazer. Eu fiquei muito nervosa porque não tinha experiência alguma. Lembro que saí de lá e minha mãe perguntou se eu tinha ido bem, eu disse que achava que não, e então ela me perguntou se tinha me divertido fazendo, e minha resposta foi sim, muito, me senti grata só por ter feito a audição, pois é muito difícil entrar para a dublagem, já era uma benção pra mim, relembra Lara, que enfrentou depois mais três fases até conquistar o papel.

JASMINE
Naomi Scott como Jasmine, dublada por Lara Suleiman | Foto: Divulgação/Disney

A resposta da aprovação promoveu uma grande celebração em família, e, por confidencialidade contratual, Lara dividiu a novidade apenas com os pais. No entanto, junto com este segredo veio o peso da responsabilidade por dar vida a uma das mais famosas princesas da Disney. Na hora que soube fiquei muito feliz, mas depois me bateu o desespero, bateu nervosismo, porque eu sei da importância do filme, sei da importância dessa princesa e da mensagem que ela está passando, foi meu primeiro trabalho na área e não queria fazer nada de errado, queria passar a mensagem clara e ser perfeitinha, conta, confessando ainda que, mesmo já tendo assistido ao filme algumas vezes e sabendo que nada mais pode ser mudado, sente frio na barriga ao se questionar se cumpriu bem a missão que lhe foi confiada.

Quando perguntada sobre os desafios deste trabalho, que para ela pouco se assemelha ao desempenhado nos palcos, ela diz: É diferente de teatro musical, pois não é só ler o roteiro, cantar e colocar suas emoções na música. Você pode colocar um pouco de você em tudo, conhecer a história, mas precisa acompanhar cada movimento, entender o que a personagem está passando ou fazendo, transparecer suas emoções, olhar para o rosto dela e cantar do jeito que ela está cantando, sincronizando certinho a fala com a boca, enfim… Enfrentei muitos desafios, mas apesar das dificuldades, todos da TV Group me ajudaram muito, foram um amor comigo, muito pacientes e carinhosos me permitindo fazer e refazer até acertar. Como começamos a gravar com bastante antecedência, pudemos deixar tudo bem bonito antes de ir para o cinema. Foi como um workshop, eles foram explicando e eu fui aprendendo enquanto trabalhava, detalha.

Nesta nova versão, mais moderna, a filha do Sultão surge com ainda mais personalidade e suas atitudes ganharam uma canção inédita, “Ninguém me Cala” (Speechless), que faz jus ao empoderamento feminino que defende e que vem fazendo um enorme sucesso na voz de Lara. Acho muito importante, principalmente por ser dublado, a gente representar isso muito bem, porque muitas crianças estão assistindo e é importante para elas receberem uma mensagem dessa desde cedo. Desde as audições, me avisavam que a Jasmine estava muito mais empoderada, com os dois pés na porta, então foi onde me peguei desde o começo para tudo. Fico muito feliz que as pessoas estejam gostando, comemora. 

Ouça a música:

.

Fã assumida da energia que envolve o mágico universo criado por Walt Disney, a artista que traz no sangue uma descendência árabe e se sente conectada de várias formas com este momento profissional, enxerga nele também muita realização pessoal, seja ao relembrar momentos em família, regados à muita música e ‘noites da arábia’, ou ao confessar ter se emocionado enquanto gravava a clássica canção “Um Mundo Ideal”, que marcou sua infância. Confesso que chorei quando fui gravar, fiquei emocionada de verdade. Quando eles passaram a cena pela primeira vez para eu assistir não acreditava que estava gravando um dos meus VHS’s preferidos, junto de ‘A Bela e a Fera’ e ‘O Rei Leão’. Foi um sonho, eu não sei nem dizer, só sei que é muito gratificante”.

.

Anúncios

Um comentário em “Entrevista: Conheça Lara Suleiman, a voz da princesa Jasmine no live-action “Aladdin”

  1. Tive a oportunidade de prestigiar a Atriz na peça “Les Misérables”. Lara Suleiman é dona de uma voz encantadora .e sua interpretação foi incrível . Adorei a entrevista e a simplicidade em suas palavras. Sucesso !!!

    Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.