Musicais

Espetáculo presta homenagem a Belchior no Rio de Janeiro

Falecido em 2007, Belchior deixou um legado de poesia e crítica para a Música Popular Brasileira. E esse legado é o ponto de partida para o espetáculo “Belchior: Ano Passado Eu Morri, Mas Esse Ano Eu Não Morro“, estrelado por Pablo Paleologo e Bruno Suzano. Longe de se tratar de uma biografia, o espetáculo mergulha na obra do cantor e compositor, colocando em cena duas figuras espelhadas: o homenageado, interpretado por Pablo e o “homem comum”, retratado na obra de Belchior e que ganha vida na interpretação de Suzano.

Pablo Paleologo e Bruno Suzano estrelam musical sobre Belchior
Pablo Paleologo e Bruno Suzano estrelam musical sobre Belchior

Ao longo da narrativa, são apresentadas 15 canções e entre ela estão as composições “Como Nossos Pais”, eternizada na voz de Elis Regina, “Apenas Um Rapa Latino Americano” e “Velha Roupa Colorida”. O texto de Cláudio Pinto e Pedro Cadore traz para o palco um grande “mural”, com recortes da obra de Belchior que dialogavam tanto com a realidade do cantor durante o auge de sua carreira nos anos 1970 quanto com o atual momento vivido no Brasil.

Serviço – Belchior: Ano Passado Eu Morri, Mas Esse Ano Eu Não Morro

Onde: Teatro João Caetano – Praça Tiradentes – tel. 2332-9257

Quando: De 05 à 28 de abril de 2019 – Sextas e sábados às 19h e domingos às 18h.

Quanto: R$ 40,00 / R$ 20,00 (meia entrada) – Bilheteria e Ingresso Rápido

Etiquetas
Mostrar mais

Cláudio Martins

Jornalista formado pela FACHA (RJ) e fundador do A Broadway é Aqui!

Artigos relacionados

Comente

Botão Voltar ao topo
Fechar